Associação Brasileira de Web Designers e Webmasters

Glossário

 

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M
N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

 

A

ABA: Associação Brasileira de Anunciantes.

ABAD: Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores.

ABORDAGEM: Ato realizado por um(a) demonstrador(a), geralmente acompanhado por um folheto ou amostra promocional.

ABRAS: Associação Brasileira de Supermercados.

ACETATO: Base de película fotográfica ou cinematográfica, de combustão lenta, utilizada em transparências e fotolitos.

ACORDO DE COLOCAÇÃO: Contrato verbal ou escrito entre o PDV, o anunciante e o vendedor do serviço, descrevendo as condições de colocação da publicidade.

ADESIVO: Lâmina impressa feita sobre um suporte adesivo e recortado.

ADESIVO DE CHÃO: Marcação de caminho para a promoção de um produto ou serviço.

ADESIVO DE DUPLA FACE: Adesivo que permite fixação em ambas as faces.

AERÓGRAFO: Instrumento de ar comprimido que pulveriza tinta sobre desenhos, cartazes, fotos etc.

ALUGUEL DE ESPAÇO: Prática dos supermercados que alugam pontas de gôndola e espaços promocionais para exposição extra de produtos. O pagamento é feito por cheque, desconto em duplicata ou bonificação.

AMPRO: Associação de Marketing Promocional.

ANIMADOR(A) DE VENDAS: Ver DEMONSTRADOR(A).

ANLOC: Associação Nacional de Lojas de Conveniência.

ANODIZAÇÃO: Proteção ou decoração de uma peça de alumínio por oxidação anódica.

APARADOR: Ver FAIXA DE GÔNDOLA.

ARARA: Expositor de arame para pendurar cabides com roupas nos PDV's.

ARMAÇÃO: Elemento rígido que segura os vários componentes de um expositor.

ARTE FINAL: Produto final gráfico ou informatizado do qual se obtém o fotolito.

AUTO SERVIÇO: Sistema de vendas no qual o consumidor tem acesso direto ao produto.

B

BACK LIGHT: Peça dotada de iluminação interna que apresenta mensagem e/ou imagem.

BALCÃO DE DEGUSTAÇÃO: Stand que tem como objetivo dar a conhecer ou divulgar de forma personalizada um produto apresentado por um promotor ou demonstrador.

BANDEIROLAS: Conjunto de cartazetes pendurados em varal para decoração do PDV.

BANDEJA DE TROCO: Suporte colocado sobre o balcão que leva publicidade e sobre o qual se devolve o troco.

BANDEJA DE PESCOÇO: Bandeja que é pendurada no pescoço da promotora para divulgação/degustação de produto.

BANNER: Peça impressa em material rígido ou flexível terminada em formato arredondado ou em "V", para ser fixada verticalmente.

BATCH: Marcação de data de fabricação, lote e vencimento de um produto.

B2B: Business to business, relação de negócios entre empresas.

B2C: Business to consumer, relação de negócios entre empresas e o consumidor final.

BERÇO: Suporte preparado para receber o produto dentro da embalagem.

BIG PLAYERS: Grandes empresas em determinado setor / mercado. Líderes de mercado. Ex. : as maiores redes de supermercados.

BIOMBO: Elemento de três ou mais partes que cumpre função de display articulado no PDV.

BITMAP: (Mapa de Bits) São imagens formadas por uma malha de pixels (ou "pontos), sua unidade visual fundamental, por isso quando ampliado perde-se toda a qualidade, pois os pontos também são ampliados. Os bitmaps contrapõem-se à imagens vetoriais (como CDR, WMF, EPS, AI etc.), formadas por informações visuais geométricas, que permitem escalonagem infinita. (Veja mais...)

BLIMP: Inflável hermético de grandes dimensões colocado em ambientes amplos e externos contendo mensagem e/ou imagem, normalmente alimentado por gás hélio.

BLISTER: Apresentação de um produto embalado entre um suporte de cartão e uma estrutura de plástico transparente, permitindo a visualização do mesmo.

BONECO: Projeto de material gráfico destinado a dar uma idéia do aspecto que terá a peça.

BONUS PACK: Embalagem bonificada com maior quantidade de produto do que na embalagem convencional.

BOTTON: Peça promocional em forma de broche, que pode ser produzida em diferentes formatos.

BOX PALLET: Caixa utilizada para o transporte e a apresentação de mercadoria de grande volume nos PDV's (supermercados, hipermercados e atacadistas).

BRIEFING: Conjunto de dados comerciais ou de marketing que servem de base para estudos de promoção e merchandising, elaboração de campanhas e confecção de peças em geral.

BRINDE, UNIFORME, MATERIAL DE APOIO: Em geral utilizados para apoiar as degustações nos PDV's.

BROADSIDE: Folheto destinado ao público interno e intermediário (distribuidores e varejistas) apresentando o produto e a sua campanha de comunicação.

BROKER: Agente de distribuição terceirizado.

C

CAIXA DE EMBARQUE: Embalagem/caixa que acondiciona os produtos para serem transportados/estocados. Em geral é de maior resistência que a embalagem habitual do produto.

CALANDRAR: Processo que consiste em curvar chapas metálicas deixando-as em formato ondulado.

CANALETA: Ver FAIXA DE GÔNDOLA.

CANAL DEC: Distribuidores específicos de categorias. Ex.: Produtos de higiene e cosmética.

CANTONEIRA: Ver FAIXA DE GÔNDOLA.

CARTAZ AÉREO: Cartaz produzido em qualquer material destinado a ser pendurado no alto dentro do PDV.

CARTAZ DE PDV: Peça impressa em papel ou outra superfície, apresentando mensagem e/ou imagem, para ser fixado no PDV.

CARTAZETE: Cartaz menor de diversos formatos, geralmente utilizado em PDV.

CATÁLOGO: Material destinado a ilustrar os produtos/serviços que a empresa disponibiliza aos clientes.

CAVALETE: Elemento de sinalização móvel, geralmente localizado na entrada do PDV.

CESTO: Peça normalmente construída em metal para acondicionamento e exposição de produtos no PDV.

CHECK LIST: Documento com itens de verificação e acompanhamento detalhado de ações promocionais ou eventos.

CHECK OUT: Caixa registradora do supermercado.

CHECK–STAND: Prateleiras ao lado da caixa registradora do supermercado.

CÓDIGO DE BARRAS: Código internacional de identificação de produto. Contém informações sobre o país onde o produto é produzido, empresa fabricante e tipo de produto.

COMENDAS: Peça composta de fita em tecido nobre e medalha em bronze, prata ou ouro, utilizada para condecorar pessoas.

COMPRA IMPULSIVA: Ocorre quando o consumidor, levado por um súbito desejo, adquire um produto em que, conscientemente não pensara.

COMPRA PREMEDITADA: Ocorre quando o consumidor decide antecipadamente sobre o produto que quer comprar, a marca, o tamanho, o preço etc.

COMPRA SUGERIDA: Ocorre quando o consumidor decide a compra influenciado por terceiros como, por exemplo, comerciante, demonstradora, etc.

COMPRADOR MISTERIOSO: Visita surpresa por uma determinada pessoa contratada pela empresa fabricante ao local de venda, para checar se o vendedor está oferecendo o produto.

CONTAINER: Ver CESTO.

CORNER: Conjunto de elementos de apresentação de uma marca ou de uma linha de produtos formando uma mini-loja dentro do PDV.

COROA: Peça impressa a ser fixada na parte superior do expositor.

CRM (Consumer Relationship Management): Gestão integral e personalizada pela empresa do relacionamento com seus clientes consumidores, através de database marketing, marketing direto, telemarketing, internet, call center, SAC, etc.

CROMADO: Acabamento final de proteção ou de decoração de um objeto metálico ou plástico à base de cromo.

CROMALIN, DU PONT ®: Prova obtida rapidamente por um processo fotográfico com depósito de pigmentos coloridos. Tecnologia e materiais exclusivos da Du Pont.

CROMALIN / MATCHPRINT / PRESMATCH / PRELO: Tipos de prova de cor de fotolito.

CROMO: Fotografia positiva e transparente.

CROSS MERCHANDISING: Ações promocionais realizadas por duas ou mais empresas, visando agregar valor às duas marcas / produtos, utilizando-se da força individual de cada uma, junto ao segmento objetivado. Essas marcas / produtos podem ser complementares, correlatas ou possuir alguma afinidade umas com as outras ( ex. : farinha de trigo e fermento, macarrão e molho de tomate).

CROSS PROMOÇÃO: Promoção com outros produtos / empresas.

CUPOM: Peça distribuída aos consumidores, oferecendo vantagens (descontos, sorteios, brindes e outros) na aquisição de determinado produto.

D

DEGUSTAÇÃO: Atividade promocional que visa oferecer oportunidade ao consumidor de experimentar/degustar um produto alimentício.

DEMO: Ato de fazer demonstração de um determinado produto.

DEMONSTRADOR(A): Profissional designado(a) para demonstrar os atributos do produto ao consumidor e impulsionar vendas.

DISPENSER: Sistema que coloca em primeiro plano o produto, por meios mecânicos ou por gravidade, podendo ser adaptado a uma prateleira.

DISPLAY: Qualquer elemento destinado a promover, apresentar, expor, demonstrar e ajudar a vender o produto ou serviço, podendo ser colocado diretamente no solo, vitrine, balcão e gôndola.

DISPLAY DE CROSS: Display de apoio para ser colocado nas gôndolas de produtos complementares.

DOOR-TO-DOOR: 1) Distribuição de folheto ou amostra grátis de porta em porta. 2) canal de vendas de grande importância para algumas empresas.

DOOR-TO-DOOR SAMPLING: Distribuição de amostras de produto para experimentação de porta em porta, através do trabalho de equipes especializadas.

DOWN THE TRADE: Lojas de pequeno varejo.

DUN 14: Referência para o código de barras para as caixas de embarque.

DURATRANS KODAK ®: Filme de poliéster translúcido, produzido por processo fotográfico, utilizado para impressão de mensagens e/ou imagens em back lights. Tecnologia e materiais exclusivos da Kodak.

E

EAN 13: Referência do código de barras para o produto.

ECR: "Efficient Consumer Response" (resposta eficiente ao consumidor): forma de relação de negócio geralmente adotada entre a indústria e o varejo objetivando atender da forma mais eficiente possível às necessidades do consumidor.

EDI: "Electronic Data Interchange" (troca eletrônica de dados): sistema de troca de dados eletrônicos entre indústria e varejo. O sistema é alimentado automaticamente por todos os movimentos das mercadorias na relação entre os dois, possibilitando uma resposta mais rápida, rentável e eficiente no processo de abastecimento de uma loja ou grupo de lojas.

E-MAIL MARKETING: Peça de divulgação eletrônica enviada por e-mail.

EMBALAGEM DISPLAY: Embalagem de transporte que também funciona como display no PDV.

EMBALAGEM ECONÔMICA: Criada para consumo em grande quantidade. Normalmente o benefício de redução de custo é repassado ao consumidor.

EMBALAGEM INSTITUCIONAL: Criada para grandes utilizadores de produtos como cantinas, hospitais e cozinhas industriais.

EMBALAGEM PROMOCIONAL: Embalagem produzida para utilização específica numa determinada promoção (datas comemorativas, "leve 3 pague 2", inclusão de brindes e bônus em volume).

EMPASTAR: Colar uma folha em suporte mais rígido ou ondulado.

ENCARTE: 1) Folheto publicitário largamente utilizado por redes varejistas, para divulgar produtos de sua linha, que geralmente são promocionados. 2) Material acrescido a uma publicação, que não faz parte e não foi impresso junto com a mesma, que tem identidade visual própria e linha de comunicação específica.

ENVERNIZADO: Proteção de suporte impresso por diversos tipos de vernizes.

EPÓXI (Pintura): Resina em pó aplicada eletrostaticamente sobre metal, resistente a choques e batidas.

ESPAÇO PRIMÁRIO ou PONTO PERMANENTE ou PONTO NATURAL: Local onde o produto é exposto de forma permanente, junto à outros, da mesma categoria, nas prateleiras de gôndolas.

EXIBIÇÃO CONTROLADA: É a distribuição dos produtos nas gôndolas e/ou displays, observando-se os volumes de vendas e o público a que se destinam, com a finalidade de ter espaços abastecidos de maneira rentável e padronizada.

EXTRUSÃO: Sistema de fabricação de perfis metálicos ou plásticos.

F

FACA: Dispositivo de madeira com lâminas de aço que cortam e vincam, para moldar papel, papelão e outros suportes.

FACING: Forma de apresentação de produtos na primeira fila do expositor.

FAIXA DE GÔNDOLA: Peça produzida em diversos materiais para ser colocada na parte frontal das prateleiras das gôndolas, servindo como delimitador de espaço dos produtos e/ou como aparador das embalagens, podendo conter mensagens e/ou imagens.

FAIXA DE RUA: Mensagem e/ou imagem, impressa ou pintada em tecido ou plástico colocado nas ruas ou fachadas de prédios.

FILMLESS: Sistema de impressão digital que dispensa o fotolito.

F.I.F.O. - "First in - First out": É a técnica de expor na frente da gôndola o produto de fabricação mais antiga e atrás o de fabricação mais recente. Esta técnica é conhecida como Rodízio e também pela sigla P.E.P.S. -"Primeiro que entra, primeiro que sai". Esta técnica também é utilizada para área de estocagem de produtos.

FLÂMULA SIMPLES: Bandeirola fixada em haste vertical.

FLEXOGRAFIA: Processo de impressão que utiliza clichês flexíveis e tintas líquidas.

FLOCADO: Projeção de fibras sobre uma superfície adesivada.

FLUXO DE LOJA: É o caminho percorrido pelo consumidor dentro da loja.

FOLDER: Folheto publicitário constituído de uma única folha, com uma ou mais dobras. / Anúncio de revista com uma ou mais dobras.

FLV: Frutas, legumes e verduras.

FLYER: O mesmo que Folheto.

FOLHETO: Peça publicitária gráfica com uma ou mais folhas. Material impresso destinado a promoção de produto ou serviço.

FOTOLITO: Lâmina obtida a partir de seleção fotográfica sobre película sensível a luz, para ser utilizado na produção da matriz de impressão.

FRONT LIGHT: Peça que apresenta mensagem e/ou imagem com iluminação externa frontal.

G

GALVANOPLASTIA: Processo que permite aplicar um depósito de sais metálicos, liberado por eletrólise, sobre objetos que se deseja cobrir (prata, cromo, latão etc.).

GANCHEIRA: Expositor especial para colocação de produtos em blister ou saquinhos.

GARGALEIRA: Elemento de promoção colocado nas embalagens que têm formato de garrafa.

GERENCIAMENTO DE CATEGORIA: Ação cooperada entre indústria e varejo, no intuito de melhor em atender uma determinada categoria de produto, passando pelos hábitos de consumo dos consumidores e visando otimizar a rentabilidade da categoria como um todo para a loja. A relação se dá baseada numa mútua confiança do varejo com a indústria, que normalmente elege o líder de cada categoria como "capitão" desta, que tem o objetivo de efetuar os estudos necessários para se atingir objetivos traçados.

GERENCIAMENTO DE ESPAÇO: Ação cooperada entre indústria e varejo, visando otimizar a exposição e abastecimento na gôndola / prateleira de uma marca específica ou categoria.

GIFT-PACK: Embalagem contendo brinde acoplado anexado ao produto sem custo adicional para o consumidor.

GIRO: Termo utilizado para medir o tempo de entrada e saída de um produto do estoque ou gôndola.

GÔNDOLA: Prateleiras utilizadas para exposição de produtos no PDV.

GÔNDOLA STOPPER: União de uma régua ou canaleta com o Stopper.

GRIFFE: 1) Marca forte, de peso, já sedimentada no mercado. 2) Marca de alta qualidade, prestígio e sofisticação.

GRP (GROSS RATING POINT): Termo da área da mídia que significa o equivalente a 1% da audiência do universo de telespectadores ou leitores; mas é utilizado para definir a somatória de audiência de comerciais ou anúncios que compõem a campanha (200 GPRs, por exemplo).

GUALHARDETE: Peça feita em polietileno ou PVC com gravação em silk ou flexografia, deslocada da barra horizontal superior e similar à flâmula.

H

HELIOGRAFIA: Qualquer processo de decalque fotográfico de textos e desenhos a traço.

HOTSTAMPING: Processo de transferência de uma lâmina para uma superfície por meio de calor.

I

ILHA: Exposição de produtos permitindo acesso por todos os lados.

IMAGEM VETORIZADA: Ver VETOR.

IMAGEM RASTER ou BITMAP: Ver BITMAP.

IMANTADOS: Também conhecidos como ímãs de geladeira. Produzidos com material magnético flexível, podendo ser impresso e recortado.

IMPRESSÃO CONTÍNUA (Rotativa): Impressão utilizando um suporte em bobina sobre máquina rotativa.

IMPRESSÃO ELETROSTÁTICA: Sistema de impressão que fixa a tinta por estática elétrica.

INDOOR: Atividades realizadas dentro de estabelecimentos, locais fechados.

INFLÁVEL: Peça feita em material plástico flexível e hermético, que deve ser enchido de ar e tem impressas ou pintadas mensagens e/ou imagens.

INFLÁVEL GIGANTE: Objeto de grandes proporções feito de material emborrachado ou nylon, com alimentação contínua de ar através de um motor.

INJEÇÃO: Introdução, sob pressão elevada, de matéria plástica fluidificada por calor dentro de um molde fechado.

IN-PACK OFFER OU PACK IN: Oferta de brinde colocado dentro da embalagem de produto promocionado.

INSTANT CUPON MACHINE: "Máquina de cuponagem instantânea". Stopper com sistema de distribuição de cupons, colocado ao lado do produto na gôndola para chamar a atenção do consumidor para as promoções e lançamentos, entre outras ações.

IN-STORE: Trabalho realizado dentro de lojas ou supermercados com promotores.

J

JALECO: Peça fabricada em tecido, utilizada como uniforme ou como protetor (guarda-pó).

K

KEY ACCOUNT: Vendedor especializado, formado para administrar grandes clientes, de modo a maximizar o desempenho de vendas.

KEY PLAYER: Parceiro de negócios importante para o "business" da companhia.

L

LAMINAÇÃO: Plastificação.

LAYOUT: Exposição de idéias e esquemas através de imagens impressas.

LETREIRO: Denominação nominal ou simbólica de uma marca comercial afixada na parte externa do PDV.

LETREIRO ANIMADO: Letreiro equipado com dispositivos mecânicos, elétricos ou eletrônicos que permitem movimentar a mensagem ou apresentação.

LUMINOSO: Peça de comunicação iluminada, contendo texto ou imagem para utilização interna ou externa no PDV.

M

MANUAL SIMPLIFICADO DE EXIBIÇÃO CONTROLADA: Trata-se de um pequeno manual medindo 8,5 cm x 13 cm, personalizado, com todas as opções de exibição recomendadas a um mix de produtos, de acordo com os mais variados espaços e tipos de gôndolas e expositores. Possui o formato ideal para ser colocado no bolso da camisa, jaleco etc.

MAQUETE: Projeto em 3 dimensões e escala reduzida da peça de merchandising.

MARCA PRÓPRIA: Marcas que o varejo lança com o nome do estabelecimento comercial e que geralmente tem um preço mais barato devido a inexistência de investimentos de marketing.

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO (Lucro): Variável entre preço e custo, refere-se ao percentual ganho com o preço em cima do custo total. Sendo P=Preço e CV= Custo variável do produto. Sua fórmula é P1 - CV1 x 100. Lucro real do produto. P1

MARK-UP: Margem fixa do produto. Refere-se a quanto (%) seu preço é superior ao seu custo. Sua fórmula é P1 - CV1 x 100. É a visão de preço de "baixo para cima". CV1

MATCH-PRINT 3M ®: Prova rápida obtida por processo fotográfico. Tecnologia e materiais exclusivos da 3M.

MATERIAL PERMANENTE: Peça produzida para ser exposta por um longo período no PDV.

MATERIAL TEMPORÁRIO: Peça que objetiva ação específica de curta duração (em geral inferior a três meses).

MERCHANDISING: Conjunto de atividades desenvolvidas em um canal de vendas, visando chamar a atenção do consumidor para um determinado produto e impulsioná-lo à compra.

MÓBILE: Peça promocional aérea sustentada por fios.

MOCK UP: Boneco de um produto ou embalagem em qualquer escala, geralmente utilizado para produção fotográfica.

MODULAR: Diz-se de elementos que podem ser montados por justaposição ou encaixe segundo a quantidade de produtos a apresentar, ou de acordo com o espaço disponível.

MONOGRAFIA: Encadernação com informações técnicas e científicas do produto, bem como suas indicações, características, benefícios e diferenciais.

MOSTRUÁRIO: Conjunto de amostras de produtos.

MOUSE PAD: Descanso do "mouse" periférico de entrada do computador. Serve para deslizar o mouse. Pode ser um ótimo material promocional, inclusive se acoplado com outras finalidades (Mouse Pad com bloco de recados, Mouse Pad com calculadora e relógio etc.).

MULTIMÍDIA: 1) Técnica de utilização de veículos de categorias diferentes em uma campanha publicitária. 2) Diz-se dos computadores/terminais multimídias, que reúnem imagem, som e interatividade.

MULTIPACK (fourpack, sixpack...): Embalagem que agrupa uma certa quantidade de um mesmo produto com finalidade promocional.

Se você está com alguma dúvida sobre nossos serviços ou sobre assuntos relacionados ao nosso site, visite Dúvidas Frequentes.
By the late-seventies, quartz watches were being produced in replica watches uk such quantities that their cost plummeted, making mechanical watches very expensive by comparison. Many of the traditional watchmakers, some of whom had been producing watches for centuries, vanished, swept under by the immense selling power of the quartz watch. For Rolex, there was replica watches only one thing for it, and that was to make the Oysterquartz. Actually, the Oysterquartz came about after Rolex tried to sneak an off-the-shelf Beta 21 quartz movement into a case that didn't meet their own replica watches water-resistance standards, an insight into how unwilling the traditional brands were in adopting this new technology. After accepting its rolex replica sale fate, Rolex turned its attention to the Oysterquartz, taking the best of seventies design and replica watches uk fitting it with an in-house quartz movement that featured one of the replica watches uk very first types of thermocompensation.